ARTIGOS

O PORTAL DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA EMPRESA.

Menos é MAIS

Sidney Cohen
Palestrante.
CEO da Bit Partner Consultoria Empresarial
CEO do PME NEWS

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Entender para atender o cliente, este conceito é usado em todo negócio.  Ainda mais agora, onde os hábitos dos clientes ditam a estratégia das empresas. Muitas já perceberam antes mesmo da pandemia, que mais do que entender os seus hábitos é preciso estar próximo deles.

Este efeito não é uma tendência, é fato. A pesquisa realizada pela agência de marketing Allis aponta um crescimento de cerca de 20% na busca de consumidores pelas lojas próximas das residências para este ano. Outro estudo da Nielsen, especialista em pesquisa nas áreas da indústria e do varejo segue também nesta direção e sinaliza que um em cada quatro consumidores revela ter a intenção de comprar nas lojas perto de casa.

As grandes marcas de supermercados como o Carrefour, Pão de Açúcar e Extra, vêm investindo nos últimos anos em lojas menores, com o Carrefour Express, Pão de Açúcar Minuto e o Mini Extra. São as suas “lojas de bairro”, que ocupam em média 200 m2, bem menores dos hipermercados, com 7.000 m2.

Seguindo nesta linha, a rede de supermercados Enxuto, com forte atuação no interior paulista, investe há três anos em um projeto que nasceu a pedido de seus clientes: o “Enxuto Aqui”. Estilo loja de conveniência possui estrutura de apenas 30 m2. Localizadas dentro de condomínios e em bairros de alto fluxo. Eles adotam um modelo personalizado para atender os hábitos dos consumidores. Uma das unidades fica próxima a um parque onde os moradores praticam atividades físicas e por esse motivo, a loja especializou-se em oferecer alimentos saudáveis.

Como no caso do “Enxuto Aqui”, outros modelos de negócios vêm se instalando dentro dos condomínios. São as minilojas de conveniência autônomas, abertas 24h por dia para atender os moradores. Algumas em formato de box que ocupam de 4 a 8 m2.

O container tem sido também uma ótima opção para atender a vizinhança de bairro. Algumas franquias já o adotam em seus negócios. A Cacau Show é um bom exemplo, que tem em seu plano de expansão abrir 500 novos pontos de vendas esse ano e os containers fazem parte deste planejamento. O chocolate por ser sensível ao calor, a alta temperatura foi uma das grandes preocupações para lançar o projeto nesta estrutura. O ar condicionado foi projetado e adaptado para atender os requisitos necessários. O projeto durou mais de 1 ano e foram testados cinco protótipos de containers diferentes.

Outras marcas de diferentes setores também apostam nas lojas em containers. A Suvinil é uma delas. A primeira loja foi inaugurada recentemente em Pernambuco, localizada no estacionamento de um hipermercado. Assim como no caso da Cacau Show, o projeto foi minuciosamente estudado. A nova unidade foi feita a partir do reaproveitamento de três containers marítimos refrigerados, utilizados originalmente para transporte de alimentos e adaptados especificamente para atender a este projeto. Além do aspecto econômico e de estar em um ambiente mais seguro, o projeto tem a proposta de ser mais sustentável.

Pense nisso: Para crescer, o seu negócio pode estar em um espaço físico pequeno e se for digital, a um clique de distância. Seja no espaço ou na distância, entenda os hábitos de seu cliente e esteja sempre perto dele para ser a primeira e a sua melhor opção. Menos é MAIS!

Receba o PME NEWS

Ao enviar o seu email, você declara estar de acordo com a Política de privacidade e de Cookies publicada no site

PATROCINADOR

Ao clicar em “Aceitar cookies”, você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar o uso do site e nos ajudar na melhoria da qualidade dos nossos serviços Leia nossa política de privacidade