ENTREVISTAS

O PORTAL DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA EMPRESA.

Tecnologia
José Fontenelle Silva
GETS Consultoria e Governança Corporativa de TI

Compartilhe:

Entrevista concedida pelo CEO da GETS Consultoria e Governança Corporativa de TI, José Fontenelle Silva, ao PME NEWS, edição de Setembro de 2015 – Tema: “Small Data”.

PME NEWS – Por que o BIG DATA ainda não emplacou no Brasil? O Small Data seria a solução, mesmo para atender projetos de BIG DATA ?

José Fontenelle Silva – Acredito que essa questão não se limita ao Brasil, o Big Data ainda não emplacou no mundo. E pode ser comprovado no estudo realizado pela Economist Intelligence Unit, recentemente, com cerca de 400 executivos de empresas corporativas incluindo principais países e identificou que 75% dos entrevistados, apesar de reconhecerem a importância da aplicação do Big Data na estratégia, têm dificuldades em como aplicá-lo, talvez pelo fato de envolver um grande volume de dados coletados de forma contínua, de diversas fontes de informação (incluindo e-mails, mídias sociais, mensagens instantâneas, sensores de equipamentos, dentre outros) e, por envolver muitos recursos, torna-se um projeto caro. Já o Small Data, por atender um escopo mais reduzido de dados a serem gerados, coletados e processados, para fins específicos, torna-se mais barato e poderá atender, não apenas projetos menores, mas também estar inserido em módulos de projetos mais complexos, como o próprio Big Data.

PME NEWS – O Small Data exige um nível de complexidade amplo para a sua implantação?

José Fontenelle Silva – Não necessariamente. Um fator que normalmente influencia no nível de complexidade de qualquer projeto é o grau de maturidade da empresa, seja com relação a Tecnologia, a Pessoas, e a Processos.

É importante lembrar que o nível de complexidade também estará diretamente relacionado ao requerimento do negócio, da necessidade de cada empresa com relação ao que se espera de resultados e níveis de serviço a serem entregues pela solução de Small Data.

PME NEWS – Quais segmentos se beneficiarão com o Small Data?

José Fontenelle Silva – O varejo poderá se beneficiar bastante com o Small Data, sendo possível filtrar os dados do Sistema de Gestão Corporativo da empresa (ERP – Enterprise Resource Planning) e cruzá-los com demais dados não estruturados, levantados, por exemplo, em redes sociais. Contribuindo assim com a inovação de produtos e serviços baseado na tendência apontada pelo correlacionamento das informações e eventos.

O varejo da indústria farmacêutica, ou seja, as farmácias é outro segmento que poderá  beneficiar-se com o Small Data. Conhecendo melhor seus clientes, suas condições de saúde, hábitos e necessidades de medicamentos, de forma proativa, irão gerenciar melhor seus estoques de forma a atender as necessidades de compra e entrega dos medicamentos.

PME NEWS – Poderia citar um exemplo de Small Data?

José Fontenelle Silva – Um bom exemplo está sendo aplicado na área da saúde, pela monitoração de pacientes, através de “wearables”, dispositivos “vestíveis” como Smart Watches ou que podem ser acoplados ao nosso corpo, usados para transmitir remotamente sinais vitais de pacientes, em tempo real, prevendo doenças antes de se tornarem crônicas. Além de ajudar na desospitalização antecipada de pacientes, contribuindo na redução de custo e maior aproveitamento de leitos a serem ocupados.  Há casos de o monitoramento ser acompanhado, inclusive, pelas operadoras de saúde, proporcionando um atendimento mais proativo. Por exemplo, se um sinal de um paciente monitorado indicar uma situação de risco, um profissional da operadora entrará em contato imediatamente. Lembrando que as informações monitoradas, somadas as demais informações dos pacientes coletadas de formas convencionais, contribuirão para um diagnóstico mais preciso.

PME NEWS – O Small Data é viável financeiramente para atender as pequenas empresas?

José Fontenelle Silva – Havendo um planejamento financeiro adequado, uma elaboração de orçamento de custos e investimentos que considere a implementação de um projeto de Small Data no Planejamento Estratégico da empresa, respaldado por um bom Plano de Negócio, o Small Data pode sim ser viável mesmo para pequenas empresas.

PME NEWS – Qual o grande desafio do Small Data no Brasil?

José Fontenelle Silva – Assim como normalmente acontece na adoção de novas tecnologias, um dos grandes desafios do Small Data no Brasil será comprovar que a solução entrega um ROI (Retorno sobre os Investimentos) que justifique a sua implementação, principalmente  porque podemos considerar que os principais benefícios do Small Data são intangíveis e, muitas vezes, difíceis de serem mensurados.

Receba o PME NEWS

Ao enviar o e-mail, você declara estar de acordo com as Políticas de Privacidade e de Cookies publicadas no site.



    PATROCINADOR

    Veja também

    Consultoria
    O apoio da Consultoria para as PMEs de todas as áreas

    Ao clicar em “Aceitar cookies”, você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar o uso do site e nos ajudar na melhoria da qualidade dos nossos serviços Leia nossa política de privacidade e política de cookies