ENTREVISTAS

O PORTAL DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA EMPRESA.

Produtividade
Sandra Portugal
Projetando Pessoas

Compartilhe:

Entrevista concedida pela  CEO do Portal Projetando Pessoas, Sandra Portugal, ao PME NEWS, edição de Março de 2023 – Tema: “NETWORKING”.

PME NEWS – O que é e o que não é networking?

Sandra Portugal – Networking é relacionamento profissional ATIVO. É a construção de elos fortes de uma cadeia de referências, de apoio. É uma atitude intencional estratégica de fazer o bem para quem você acredita no potencial e com isso estabelecer uma corrente de suporte profissional e de negócios. É um processo de transferência de confiança entre você e seus colegas, fornecedores, parceiros.

Networking é, com sinceridade:

– Gostar e admirar as pessoas;

– Ter uma palavra de estímulo, de amizade, de apoio, de valorização, de elogio;

– Ser respeitoso com quem o procura, pois você não sabe o que a pessoa está passando;

– Se interessar pelo momento de quem o procura, sabendo ouvir;

– Criar vínculos afetivos, de companheirismo e colaboração, com as pessoas;

– Aceitar a diversidade, pois a heterogeneidade é algo a ser valorizado;

– Oferecer ajuda, sempre que possível, de forma empática;

– Fazer pelo outro aquilo que desejaria que fizessem para você;

Homens e mulheres de sucesso possuem uma rede genuína e forte de relacionamento em 360 graus.

E você, já pensou nisso?

Como está sua rede de relacionamento?

Como você pratica o networking?

Quanto do seu tempo você dedica à sua rede de relacionamentos?

Enfim, no networking não pode haver jogo de interesse, precisa ser genuíno, com intenção de servir, de se doar, ajudar, de primeiro contribuir sem querer nada em troca, para quando precisar também receber o que precisa, o que merece, ser ajudado – a reciprocidade vem dessa autenticidade.

PME NEWS – Qual a importância do networking para os profissionais?

Sandra Portugal – Tenho meditado muito sobre a importância da composição e de um uso perfeito e sincero de networking para os profissionais, especialmente quando iniciamos 2023 com muitos lay-offs em grandes empresas, e temos muitos excelentes profissionais disponíveis no mercado, e o que fará diferença para eles nesse momento.

Entendo a construção de uma rede de conexões uma forma eficaz de trabalhar sua marca pessoal e profissional no mercado, e em momentos de necessidade, suas referências e provas sociais já estão lá, construídas e consolidadas.

Saber conectar-se com as pessoas certas é sinônimo de sucesso e desenvolver uma rede de relacionamentos é de extrema importância para seus negócios e seu crescimento pessoal.

Por isso, pratique a construção da sua rede de conexões:

1. Comece antes de precisar, sem ter objetivo de retorno imediato, semeie para colher quando menos esperar.

2. Participe de eventos organizados e ministrados por seus contatos ou indicações deles, prestigie e se desenvolva sempre.

3. Não julgue para não ser julgado, muitas pessoas que, às vezes, julgamos não ter nada a nos oferecer podem ser aquelas que irão nos surpreender, em vários aspectos.

4. Faça conexões. Para que o verdadeiro networking funcione é preciso pensar em várias conexões, mesmo que você não consiga ajudar diretamente o outro, pode conhecer alguém para indicar.

5. Cumpra suas palavras. Se você disser que vai fazer algo, faça! Seja uma ligação para indicar alguém, seja para enviar seu currículo. As pessoas que cumprem sua palavra, por mais simples que seja, demonstram credibilidade, organização e respeito pelo outro.

6. Crie hábito contínuo de estimular seus relacionamentos em rede. Quando você perceber, muita coisa acontecerá naturalmente. Você vai perceber o quanto tem influenciado positivamente na vida de outras pessoas. Esse é o verdadeiro ganho.

PME NEWS – Qual a importância do networking para os negócios em especial as PMEs?

Sandra Portugal – Conhecer pessoas-chave dá acesso, facilidades de compartilhar informação, conhecer melhores práticas, de influenciar, de contar sua história profissional e de seus negócios.

Atualmente o pequeno e médio empreendedor pode contar com muitas redes profissionais de apoio de negócios, no seu segmento, na sua comunidade, nos elos da família empreendedora e do histórico profissional do empresário.

Já fiz e faço parte de alguns grupos de networking profissionais que me proporcionaram abrir portas e fechar grandes negócios, tais como: Networking Bahia, BNI, RNE, Nexus, Núcleo de Negócios da CLN, etc.

Atuo como mentora voluntária e construí conexões em grupos de lideranças empreendedoras femininas que firmam a minha imagem profissional, gerando excelentes negócios tais como: Elas Projetam, Líder Negra, Mulheres no Comando, WIT Mulheres em Tecnologia), WITT (Mulheres de TI e Telecom), Rede de Mulheres Empreendedoras da Mantiqueira e outros.

Pertenço a alguns Grupos Alumini de empresas em que atuei, de cursos que fiz e, de verdade, através desses contatos muita informação flui, muitas indicações e referências reforçam provas sociais muito positivas e produtivas.

As ações de networking promovem oportunidades de negócios, como parcerias, expansão, indicações e novos clientes. Mas tudo isso é consequência de sinceros elos de confiança mútua.

Saber relacionar-se traz oportunidades de negócios. E não estou falando só de processos de prospecção e vendas, estou alertando sobre o poder da estratégia de investimento de tempo nos relacionamentos e do sustentável resultado em decorrência. Relacionamentos comerciais e networking são ações complementares e não excludentes.

Que relações você construiu ao longo da trajetória da sua empresa que você tem certeza, confia que, se forem contatados para saber quem é você enquanto empresário, que marca sua empresa deixou nos negócios que fez, contará casos do seu sucesso, fará recomendações sólidas de competências, ética, respeito, demonstrará confiança em falar de você e do seu negócio, abrirá portas para você?

Quantos empreendedores, profissionais de destaque no mercado, na sua área de atuação podem atestar sobre a sua empresa?

Você já pensou nisso?

PME NEWS – Como se pratica o genuíno networking?

Sandra Portugal – Pesquisas apontam que pessoas que possuem network robusto, ativando de forma atuante e bem feita seu network social, são 3 vezes mais influentes do que aquelas que não se preocupam com suas conexões.

Esse capital social precisa ser cultivado, ser “ganha-ganha”, ser autêntico.

Você precisa estar engajado em ter relacionamentos recíprocos, de ajuda e colaboração, dedicando tempo e atenção quando pode contribuir com as pessoas do seu network. Tenha interesse genuíno nas pessoas da sua rede e saiba ser presente nas horas devidas, os resultados virão como consequência desses relacionamentos.

A coach americana Rania Anderson aponta que são cinco as maneiras que você precisa atuar para estar em rede:

1. “UP” – É sua rede com pessoas mais experientes e influentes do que você, que podem ser seus mentores ou futuros patrocinadores, podendo abrir portas e fazer apresentações e oportunidades para você.

2. “DOWN” – Representa os seus relacionamentos com pessoas mais júnior do que você. Podem ser mentores reversos, ensinando sobre inovações, diferentes tipos de informação como fonte de aprendizado e feedback.

3. “ACROSS” – Composta de pessoas como você e seus pares, da mesma ou de diferentes áreas de atuação, gerando capacidade de ajuda, de estabelecer parcerias, dando e recebendo conselhos sobre as melhores maneiras de obter resultados. Nossos pares normalmente são nossos “críticos” mais fortes e a falta de relacionamentos com eles torna tudo mais difícil para se alcançar o sucesso.

4. “IN” – É o seu relacionamento com as pessoas do segmento de negócio em que você atua, incluindo os clientes.
Relações fortes com os clientes levam a oportunidades de negócios, à compreensão de suas necessidades, seus concorrentes e as vantagens competitivas do mercado.

5. “OUT” – É estabelecida com pessoas que trabalham em campos completamente diferentes do seu. É denominada “laço fraco”. Podem ser seus parceiros ou prestadores de serviços. Esta é a rede que a maioria das pessoas decide que não vai perder tempo cultivando esses relacionamentos. Grande erro. Essas relações externas são as que mais ampliam nossas perspectivas e nos levam às ideias estratégicas e inovadoras.

Avalie a força de sua rede e alimente esses relacionamentos.

PME NEWS – Qual o papel das redes sociais neste processo?

Sandra Portugal – Peter Drucker diz que “O que é medido, é gerenciado”.

Mas como medir se você construiu relações sólidas, recíprocas, confiáveis, fortes em influência e que refletem o que você vem construindo ao longo de sua trajetória profissional? Através da conversão em negócios oriundos de indicações, referências ou parcerias. Sem dúvida as redes sociais tornaram-se o que são pela aposta de que as ferramentas de networking social reforçam o poder e facilitam o contato entre pessoas e profissionais.

Cada rede social com seu estilo, objetivo e forma de utilização, cria elos de ligação entre classes de profissionais, colegas de faculdade, amigos de infância, grupos de determinados cursos, etc.

E através desses elos, sua marca pessoal e profissional se solidifica (ou se destrói), pessoas afins se conhecem ou se reencontram, suas notícias circulam e novos negócios e oportunidades podem advir daí.

Há um tempo entrevistei a consultora e imagem pessoal e corporativa Priscila Avelar, sobre etiqueta nas Redes Sociais que é tema que requer atenção especial.

Você precisa cuidar da imagem social, como cuida da sua imagem real, sendo o cartão de visitas para início de novos relacionamentos.

Ter uma imagem interessante para seus clientes, amigos e ter coerência em sua apresentação pessoal e nas redes sociais, mantendo o mesmo discurso, sendo a mesma pessoa/empresa, tendo os mesmos propósitos e objetivos, é super relevante.

É preciso ter uma postura adequada e ética, em comunicações profissionais ou em postagens pessoais, afinal, somos únicos.

A maneira de se comportar, as atitudes, as fotos, os comentários, as publicações devem ter coerência, bom senso, educação, considerando o âmbito de trabalho e de vida.

O importante é manter sua rede ativa, mas preservar encontros virtuais e pessoais com suas amizades e relacionamentos profissionais, é muito importante e gratificante!

Desvirtualize suas amizades cujas similaridades sejam identificadas e transforme esses relacionamentos em amizades e contatos profissionais reais!

E observe o real poder dos Super Conectores, que são pessoas generosas que, através de sua reputação, construíram uma sólida e confiável rede profissional, e que sempre respondem mobilizando essa rede quando demandados, em prol de causas pelo bem comum.

PME NEWS – Qual é o melhor momento para se fazer networking?

Sandra Portugal – Sempre!

Quem não é visto não é lembrado!

Busque construir sua reputação, e sua rede de conexões, de modo a ser positivamente lembrado e recomendado, do mesmo modo como em reciprocidade, você contribui para provas sociais de quem fez parte da sua jornada.

Seja um Networker!

 

Receba o PME NEWS

Ao enviar o e-mail, você declara estar de acordo com as Políticas de Privacidade e de Cookies publicadas no site.



    PATROCINADOR

    Veja também

    Carreira
    O Etarismo e os benefícios da intergeracionalidade nas empresas
    Gestão
    A Importância do Compliance para o cenário empresarial

    Ao clicar em “Aceitar cookies”, você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar o uso do site e nos ajudar na melhoria da qualidade dos nossos serviços Leia nossa política de privacidade e política de cookies