ENTREVISTAS

O PORTAL DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA EMPRESA.

Empreendedorismo
Ingrid Paola Stoeckicht
INEI - Instituto Nacional de Empreendedorismo e Inovação

Compartilhe:

Entrevista concedida pela Diretora do INEI – Instituto Nacional de Empreendedorismo e Inovação,  Ingrid Paola Stoeckicht, ao PME NEWS, na edição de novembro de 2012 – Tema: “Inovação”.

PME NEWS – Como as universidades podem contribuir para a inovação nas micro e pequenas empresas?

Ingrid Paola Stoeckicht – As Universidades dispõem de muito conhecimento e recursos para apoiar as PMEs a inovar. É fundamental que os gestores das empresas identifiquem exatamente que recursos necessitam para inovar e estabeleçam parcerias para negociar e obter estes recursos.

Como exemplo, posso citar a parceria que fizemos com a Clínica Jurídica de Novos Negócios da Escola de Direito da FGV do Rio de Janeiro.  Nesta parceria,  a clínica oferece assessoria jurídica para aspirantes e start ups de negócios sociais acelerados em uma unidade de negócios do INEI, a Aceleradora 2.5. A Aceleradora apóia empreendedores sociais a idealizarem, refinarem e testarem produtos e serviços que têm como objetivo resolver problemas sociais específicos.

PME NEWS – Qual é a importância da inovação no desenvolvimento de micro e pequenas empresas?

Ingrid Paola Stoeckicht – A inovação não é garantia de sucesso, mas sem ela a empresa não consegue ser competitiva. A maioria dos gestores de PMEs tem pouco espaço para incorporar a inovação em suas agendas administrativas e operacionais: estão basicamente adotando, o que chamamos de estratégias de sobrevivência.  É importante que possam entender que a inovação é a principal estratégia de sobrevivência de seus negócios.  O que pudemos verificar no INEI, em nosso trabalho junto às PMEs, é que a motivação para inovar existe, mas falta conhecimento de como, porque e onde inovar.  Acredito ser fundamental ampliar e alavancar o trabalho de educação e capacitação de gestores das PMEs para o Empreendedorismo Inovador.   Hoje, essencialmente os profissionais estão sendo capacitados para Empreender, e não para Inovar em seus empreendimentos.

PME NEWS – Como é possivel transformar uma ideia em modelo de negócios?

Ingrid Paola Stoeckicht – O modelo de negócios para comercializar o novo produto ou serviço será determinado de acordo com a estratégia da organização, e os recursos organizacionais que a empresa ou seus parceiros de negócios têm.  Por exemplo: as redes sociais, disponíveis à todas as empresas,  são fontes importantes de ideias para a inovação, para obter feedback sobre  produtos e serviços oferecidos pelo mercado, acompanhar tendências e identificar oportunidades para inovar.

Hoje, são poucas as empresas que conseguem inovar utilizando-se unicamente de seus próprios recursos financeiros, tecnológicos e humanos.   O Modelo de negócios da inovação a ser adotado hoje é aberto – co-criativo, onde busca-se desenvolver novos produtos e serviços em colaboração com empresas parceiras, clientes, fornecedores, etc.  O modelo vigente é o da Inovação 2.0, que pode e deve ser facilmente incorporado pelas PMEs.

PME NEWS – A inovação está diretamente associada ao desenvolvimento de novos produtos?

Ingrid Paola Stoeckicht – A inovação não se limita ao desenvolvimento de novos produtos. Devemos entender a inovação como um modelo de gestão estratégica de recursos organizacionais, recursos tanto tangíveis quanto intangíveis. Portanto, trata da gestão dos processos relacionados ao desenvolvimento e renovação dos produtos, processos e serviços que a organização oferece ao mercado, e as maneiras como o faz de forma a obter vantagem competitiva.   Existem diversos tipos de inovação: em produtos, processos, serviços, modelos de gestão, de negócios de comercialização, inovação com base e centrada na experiência do usuário, somente para mencionar alguns.  Quando a empresa restringe o tipo de inovação à produtos, e não repensa seus processos, serviços e modelos de gestão e comercialização daquele produto, irá certamente comprometer o sucesso comercial daquela inovação.

PME NEWS – O processo de inovação deve ser encarado como um projeto pontual ou deve ter uma ação contínua?

Ingrid Paola Stoeckicht – É fundamental que os gestores compreendam que a inovação tem início, meio, mas não tem fim.  Os gestores devem identificar as oportunidades para inovar, os recursos necessários para a inovação e saber gerenciá-los de forma a desenvolver produtos e serviços que tragam real valor na ótica do cliente e do mercado. Trata-se de um processo contínuo, no qual a empresa aprende e cria valor com base na interação com o mercado, os clientes e potenciais usuários de seus produtos e serviços.  A maioria das empresas tem uma abordagem meramente reativa ou oportunista, não adotando uma estratégia de médio e longo prazo.

 

Receba o PME NEWS

Ao enviar o e-mail, você declara estar de acordo com as Políticas de Privacidade e de Cookies publicadas no site.



    PATROCINADOR

    Veja também

    Gestão
    A Importância das Pequenas Empresas para o país

    Ao clicar em “Aceitar cookies”, você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar o uso do site e nos ajudar na melhoria da qualidade dos nossos serviços Leia nossa política de privacidade e política de cookies